SISTEMA IMUNOLÓGICO | Manipura Farmácia de Manipulação

SISTEMA IMUNOLÓGICO | Manipura Farmácia de Manipulação

O QUE É O SISTEMA IMUNOLÓGICO 

 

Muito tem se falado em sistema imunológico neste momento de Pandemia por causa do Corona Vírus (COVID-19). Mas você conhece e sabe como funciona?

O sistema imunológico é um conjunto de fatores que atuam na defesa do nosso organismo frente a agentes causadores de doenças. Ele é composto de órgãos e células responsáveis pela resposta imune.

Ou seja, sempre que o organismo entra em contato com um agente agressor como vírus, bactérias e fungos, o sistema imunológico produz uma sequência de eventos para eliminar esses agentes. Dessa maneira, nossas células de defesas são conhecidas como glóbulos brancos (leucócitos), que existem de vários tipos, de diferentes formatos, tamanhos e formas de núcleo, conhecidos como neutrófilos, monócitos, basófilos, eusinófilos e linfócitos

Nesse sentido, uma maneira muito eficiente de impedir, ou pelo menos diminuir, a entrada destes agentes agressores é limpando com muito cuidado todas as superfícies com álcool gel, por exemplo, que é por onde os microorganismos infectam.

COMO OS GLÓBULOS BRANCOS NOS DEFENDEM?

 

Quando o nosso organismo é atacado por vírus, fungos ou bactérias, o número de leucócitos aumenta significativamente no local da infecção.  Em suma, eles atuam nas nossas defesas de dois modos, basicamente:

  • FAGOCITOSE: as células de defesa “comem” os invasores pois englobam, digerem e destroem os microrganismos invasores. Assim, fagocitose é uma palavra composta de origem grega, formada por fago, que significa “comer, digerir”, e cito “célula”.
  • ANTICORPOS: os anticorpos são proteínas especiais que neutralizam a ação das substâncias tóxicas produzidas pelos seres invasores ou presentes em alimentos e substâncias diversas, por exemplo. O pus que geralmente se acumula no local de um machucado é formado pelo conjunto de leucócitos, de microrganismos mortos, assim como o líquido que sai dos capilares nos pontos infectados, provocando inchaço.  

POR QUE É IMPORTANTE CUIDAR DA SUA IMUNIDADE

 

A resposta imune do organismo pode sofrer diminuição da eficácia sempre que houver fatores que interferem no equilíbrio do organismo, como estresse, sedentarismo, falta de vitaminas e minerais, dormir pouco, isolamento, por exemplo. Dessa forma, ao ter uma queda na imunidade, a resposta imune fica prejudicada, o que pode levar ao aparecimento de doenças.

Em síntese, é importante cuidar dos fatores que causam essa diminuição, como ter uma alimentação balanceada, dormir bem, buscar formas de diminuir o stress e suplementar vitaminas e minerais.

COMO MELHORAR A IMUNIDADE

 

Para melhorar a imunidade, a Manipura desenvolveu um suplemento chamado Cápsulas de Reforço Imunológico, que contém vitaminas e minerais que, em associação, causarão um efeito de Booster Imunológico.

Ativos da composição: 

Betacaroteno

Na sua composição temos o Betacaroteno (10mg) e que é a Pró-Vitamina A, e o Retinol (Vitamina A; 5000 UI) que além de possuírem uma excelente função antioxidante, ao passo que aumentam a produção de linfócitos, e promovem a recomposição da barreira cutânea.

Vitamina D

A Vitamina D3 (1000 UI) quimicamente chamada de colecalciferol, é encontrada principalmente em ossos e dentes, ajudando a sua manutenção. Em resumo, ela tem um papel fundamental em modular resposta imunológica humana, pois aumenta a produção de substâncias que são tóxicas para os microorganismos. Existem alguns glóbulos brancos (monócitos e macrófagos) que possuem receptores para a vitamina D, indicando seu papel imunomodulador.

Zinco

O Zinco (25mg) é um elemento traço com diversas funções no organismo humano. É importante para o funcionamento adequado do metabolismo, necessário à reprodução, diferenciação celular, crescimento, desenvolvimento, reparação tecidual e defesa imunológica, além de ser constituinte de mais de 300 enzimas que participam do metabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas e da síntese e degradação dos ácidos nucleicos. Dessa forma, seu papel no sistema imunológico, principalmente na redução de infecções, vem sendo investigado, pelo fato de as células específicas e não-específicas apresentarem alta proliferação, o zinco desempenha papel fundamental no processo de transcrição, tradução e replicação do DNA. Além disso, o zinco, em conjunto com o cobre, participa da estrutura da enzima SOD (Superóxido Dismutase), consequentemente, é um super antioxidante que nosso corpo produz, sendo sua atividade reduzida pela deficiência desse mineral.

Cobre

Já o Cobre (2mg) desempenha papel importante na maturação dos tecidos linfóides e atua também como cofator para a enzima superóxido dismutase (SOD), enzima chave na defesa antioxidante.

Magnésio

O Magnésio (150mg ) desempenha papel fundamental nas atividades enzimáticas, atuando como cofator em mais de 300 reações metabólicas. Evidências apontam que o magnésio tem papel chave na imunidade, agindo tanto na resposta imune inata quanto na adquirida. Assim sendo, a deficiência de magnésio é relacionada a prejuízos na função imune celular.

Vitamina B

A Vitamina B5 (50mg) é indispensável para todas as células do nosso corpo. Ajuda na formação de células vermelhas, na desintoxicação química e na construção de anticorpos, melhorando assim a imunidade. Além disso, previne o desgaste das cartilagens, além de reduzir colesterol e triglicérides. Auxilia na conversão das proteínas, açúcares e gorduras em energia e nas disfunções hormonais.

Vitamina E

A Vitamina E (Tocoferol; 100UI), é um importante antioxidante e pode afetar a resposta imune por sua interação com o ácido araquidônico das membranas dos macrófagos.

 

DICAS SIMPLES PARA MELHORAR A IMUNIDADE

 

Além de suplementar com vitaminas e minerais, muito importante é fazer exercícios físicos, pois o sedentarismo também diminui a imunidade. Pode fazer o exercício que mais lhe convier, porém evitar ficar somente parado.

Cuidar o sono e buscar dormir corretamente é uma maneira importante também, pois durante o sono profundo, produzimos hormônios como a melatonina que tem um papel fundamental na renovação do nosso organismo.

Em resumo, o que pode acontecer nesta rotina de isolamento, é alterar drasticamente a rotina do sono, e isto pode ser corrigido com adaptógenos, que são substâncias que ajudam a regular o ritmo circadiano.

Da mesma forma, ter uma alimentação balanceada equilibrada é muito importante, pois é muito fácil descuidar e aumentar o peso, já que estamos mais parados. Cuidar o que se come e da quantidade é fundamental para isto e consultas com nutricionistas podem ser uma boa opção, já que podem ser realizadas online.

 

 

REFERÊNCIAS

 

 

A Vitamina E: tocoferóis e treinóis. Aditivos e Ingredientes. Disponível em: http://insumos.com.br/aditivos_e_ingredientes/materias/189.pdf. Acesso em: 05 Abr. 2020.

MACEDO, E. M. et al. Efeitos da deficiência de cobre, zinco e magnésio sobre o sistema imune de crianças com desnutrição grave. Revista Paulista de Pediatria 2010; 28(3):329-36. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rpp/v28n3/12.pdf . Acesso em: 05 Abr. 2020.

MARTINEZ, A. C; MELCHOR, A. O sistema imunológico: Conceitos gerais, adaptação ao exercício físico e implicações clínicas. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921999000300010. Acesso em: 05 Abr. 2020.

 

Sistema imunológico humano. Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/sistema-imunologico-humano. Acesso em: 05 Abr. 2020.