EVITANDO A DOR DE SEU PACIENTE | Manipura Farmácia de Manipulação

EVITANDO A DOR DE SEU PACIENTE | Manipura Farmácia de Manipulação
[ux_html] [/ux_html]

Os Anestésicos Locais são fármacos que bloqueiam reversivelmente a condução do impulso nervoso. Atuam paralisando as terminações nervosas sensitivas periféricas, ou então, interrompendo a transmissão da sensibilidade à dor entre as terminações nervosas e o cérebro.
Como o próprio nome indica, são utilizados principalmente para produzir bloqueio nervoso no local onde foram aplicados. Seu mecanismo de ação está ligado ao bloqueio dos canais de sódio (Na+), impedindo a despolarização neuronal, mantendo a célula em estado de repouso.
Diversos procedimentos estéticos tem melhor resultado com anestesia tópica, como micropigmentação, microagulhamento, laser ablativo fracionado, laser não ablativo, luz intensa pulsada, preenchimento de ácido hialurônico e até toxina botulínica.
 

A IMPORTÂNCIA DO PKA DOS ANESTÉSICOS LOCAIS

 
Os anestésicos locais são bases fracas, assim eles podem se apresentar de duas formas: não ionizada ou ionizada. O pKa define o pH no qual as duas formas coexistem em equilíbrio. No pH fisiológico (7,4) todos os anestésicos locais apresentam sua forma ionizada em maior proporção, visto que o pKa de todos os AL é maior que 7,4. A lidocaína possui pKa de 7,9, por isso em pH fisiológico apenas 25% da droga apresenta-se na sua forma não-ionizada. A porção não-ionizada atravessa a membrana mais facilmente que a ionizada. Por isso o pH da formulação faz toda a diferença na efetividade do resultado anestésico.
 

TEMPO DE AÇÃO

 
O pico de ação da Lidocaína é de 60 minutos, então um procedimento estético para ser realizado com melhor efeito anestésico, deve ter esse tempo de preparação.
 

CUIDADOS NA APLICAÇÃO

 

·         Antes de fazer a aplicação do anestésico, limpar a pele com solução de acetona.
·         Sempre RETIRAR COMPLETAMENTE o anestésico da pele antes de realizar o procedimento.
·         Utilizar em ÁREAS PEQUENAS, como rosto e sobrancelhas. Quando o procedimento for realizado em maiores extensões, como braços, pernas e costas, este procedimento deve ser realizado de forma fracionada e dias intercalados.
·         Para microagulhamento, não deve ser utilizado o Anestésico com EPINEFRINA, pois ela atua como vasoconstritor e impede o sangramento local.
·         Não deve ser aplicado em mulheres grávidas ou amamentando.
 
 

FORMULAÇÕES

 

ANESTÉSICO

 ·        Benzocaína 8%

·         Lidocaína 5 %

·         Prilocaína 3 %

·         Anestésico Base QSP 30g

 

ANESTÉSICO FORTE 

·        Tetracaína 7%

·         Lidocaína 23 %

·         Anestésico Base QSP 30g

 

 

PELÍCULA PLÁSTICA ANESTÉSICA

 ·        Tetracaína 8%

·         Lidocaína 8 %

·         Película Anestésica Base QSP 30g

 

MICROPIGMENTAÇÃO (pele fechada e aberta)

 ·         Epinefrina 0,07%

·         Benzocaína 8%

·         Lidocaína 5 %

·         Prilocaína 3 %

·         Anestésico Base QSP 30g

 
 

MODO DE USO

 

1.       Limpar a pele com solução de acetona.

2.       Aplicar na área e deixar agir de 45 a 50 minutos.

3.       Remover completamente com água e sabonete líquido.

4.       Realizar o procedimento estético normalmente.

 
 

Cadastre-se para baixar o Protocolo de Anestésicos Locais gratuito.

[ux_html]
[/ux_html]