CANNABINÓIDES OZONIZADOS: Bem estar associado à beleza | Manipura Farmácia de Manipulação

CANNABINÓIDES OZONIZADOS: Bem estar associado à beleza | Manipura Farmácia de Manipulação

Porque associar Cannabinóides com Ozonioterapia pode potencializar os resultados dos tratamentos estéticos e dermatológicos e diminuir intercorrências?
Esta associação inovadora que a Manipura Farmácia de Manipulação desenvolveu visa potencializar as propriedades  analgésicas, relaxantes, antiinflamatórias e imunomoduladoras dos canabinóides com o efeito germicida, regenerador celular, cicatrizante e clareador da ozonioterapia, de uma maneira integrativa.
Considerando essa abordagem holística para o cuidado pessoal, não podemos esquecer o bem-estar associado à beleza. Assim, alinhada a essa tendência, os cosméticos para mindfullness que são elaborados com o Active System Cannabinóide apresentam eficácia comprovada em reduzir a atividade inflamatória e promover a produção de β-endorfina, promovendo um bem-estar cutâneo (wellness cosmetics) e calmante (de-stressing).
É composto por um complexo de óleos da Amazônia com alto teor de terpenos e ácidos graxos insaturados (especialmente o ácido linoleico), que está relacionado ao aumento da permeabilidade cutânea, melhorando a atividade do ingrediente.

Canabinóides 

A Cannabis sativa é o nome científico da planta popularmente conhecida como Cânhamo ou Maconha, que tem sido utilizada ha milhares de anos por diversos povos.
Por ser utilizada de forma recreativa como uma droga de abuso, foi proibida por muitos anos em diversos países, como no Brasil, onde uma severa legislação impediu o comércio e o uso, mas também as pesquisas científicas com ela, por causa do seu efeito psicotrópico.
Seus componentes bioativos são uma família de substâncias chamadas Canabinóides, que são muito parecidas umas com as outras.  Quimicamente são terpenos, um tipo de componente volátil que é extraído através do arraste do vapor e da fumaça, ao ser tragada.
Existem dezenas de Canabinóides, e maior responsável pelo efeito psicotrópico deles é o Δ-9 Tetrahidrocanabinol ou THC. Mas o componente que tem chamado a atenção da classe científica é o Canabidiol ou CBD, que não possui os mesmos efeitos do THC, porém possui uma série de outros efeitos interessantes, como relaxante, analgésico e imunoestimulante.

Uso Medicinal

Ao longo da história das antigas civilizações a Cannabis sativa sempre esteve ligada ao uso medicinal, sendo empregada em unguentos, elixires e outros tratamentos.  A pesquisa científica, apesar de ter passado por severas críticas e bloqueios, conseguiu evoluir e foi descoberto  que nosso próprio corpo produz substâncias semelhantes aos Canabinóides, os chamados endocanabinóides, e que funcionam através de receptores específicos, chamados CB1 e CB2. O CB1 é o responsável por desencadear as reações psicotrópicas  (do THC) e o CB2 está envolvido com os efeitos analgésicos (do CBD).
O grande foco do tratamento da Cannabis medicinal é o receptor CB2. Responsável pela intermediação entre as propriedades imunomoduladoras e inflamatórias, o receptor CB2 é ativado por ligantes endógenos (endocanabinoides) ou exógenos (agonistas). Assim, o Active System Cannabinóide, composto principalmente de β-cariofleno, um fitocanabinoide exógeno, é capaz de modular sinais celulares, promovendo redução da inflamação e melhorias na cicatrização da pele.
Além disso, testes de eficácia provaram importantes benefícios do Cannabinoid Active System para a beleza e bem-estar. Ele auxilia a mitigar os efeitos do envelhecimento precoce relacionados ao estresse inflamatório, com a capacidade de dar suporte ao processo de reepitelização e cicatrização devido ao aumento da produção do neuropeptídeo da β-endorfina, responsável pelo equilíbrio e manutenção da integridade da pele. É um ingrediente com propriedades desestressantes e relacionadas ao bem-estar. Ele promove vários benefícios à pele, como sensação de relaxamento, melhora na atividade de cicatrização e proporciona conforto de modo geral. Além disso, o produto é uma alternativa segura ao CBD, com versatilidade de usos e aplicações em diferentes produtos cosméticos.
 

Sistema Endocanabinóide Receptor CB2

O sistema endocanabinóide é composto por uma rede de sinalização lipídica, na qual modula as funções neuronais e inflamatórias por meio de uma interação bidirecional com os diversos receptores que compõem tal rede (principalmente os receptores CB1 e CB2). O receptor CB1 é encontrado em maior distribuição no córtex cerebral e está relacionado a diferentes processos neurológicos (inclusive a efeitos psicotrópicos).
Além da atuação nas citocinas pró-inflamatórias, o receptor CB2 intermedia propriedades imunomoduladoras, por meio da ativação das células T (para questões de defesa), indução e apoptose das células T (para manutenção do equilíbrio), e diminuição da migração e adesão das células imunológicas nos tecidos.
O receptor CB2 é ativado por ligantes endógenos (endocanabinóides) ou exógenos (geralmente agonistas). Como exemplo de ligantes exógenos, temos os fitocanabinóides. No Active System Cannabinóide, o principal fitocanabinóide encontrado é o β-cariofileno, que é capaz de modular os sinais celulares e, consequentemente, atenuar os efeitos inflamatórios.
O β-cariofileno é um agonista do receptor CB2, atuando naturalmente pela interação com as moléculas de superfície e na inibição dos receptores do tipo Toll, que são uma família de proteínas do tipo I, que fazem parte do processo imunológico inato.
Ressalta-se que a ação sobre tais receptores do tipo Toll, leva à expressão das citocinas pró-inflamatórias, portanto, tais citocinas não são liberadas e essa atuação impacta em atividade anti-inflamatória persistente. Além disso, ocorre uma ação subsequente diante da ativação do receptor CB2 que acaba por atuar nos receptores opioides, os quais são estimulados pelo CB2, com liberação das β-endorfinas, proporcionando calma e relaxamento.
 

β-endorfinas

Entre os neuropeptídios que podem ser produzidos localmente devido a resposta imunológica cutânea, temos as β-endorfinas, peptídeos compostos por 31 aminoácidos e produzidos no cérebro, presentes nas células da pele e liberadas pelos receptores opioides. Esses compostos são resistentes à degradação enzimática, atuando diretamente no sistema imunológico.
Um dos principais efeitos das β-endorfinas no organismo é o seu efeito analgésico. Particularmente para as células da pele, a produção de β-endorfinas está relacionada diretamente à sensação de conforto, calma e relaxamento, estando envolvida também no processo de reepitelização, regeneração e cicatrização dos tecidos.
A estimulação com ácido lipoteicóico (LTA) promoveu uma redução de 39,06% na produção de β-endorfina quando comparada ao Controle. Por outro lado, o uso do Active System Cannabinóide junto com LTA foi capaz de evitar a diminuição da β-endorfina, além de estimular sua produção em 92,9%, quando comparado ao grupo que sofreu a ação de estresse por LTA. Esses valores representam uma taxa de proteção de 100% em relação ao Controle.

Atividade Antiinflamatória

A atividade antiinflamatória foi observada significativamente com o Active System Cannabinóide, onde foi possível observar uma diminuição significativa (55,4%) dos níveis de IL-1β na pele tratada com Active System Cannabinóide e ácido lipoteicóico (LTA) quando comparada à pele estressada pelo LTA, apresentando efeito protetor sobre a pele. Além disso, o Active System Cannabinóide não mostra nenhum impacto na produção de IL-1β quando comparado ao Controle, o que significa que o ingrediente não atua como agente inflamatório.
Também foi possível observar uma diminuição significativa (25,2%) dos níveis de IL-6 na pele tratada com Active System Cannabinóide e LTA quando comparada à pele estressada pelo LTA, apresentando efeito protetor sobre a pele. Além disso, o Active System Cannabinóide não mostra nenhum impacto na produção de IL-6 quando comparado ao Controle, o que significa que o ingrediente não atua como agente inflamatório.
 

Estratégia na Estética

Para profissionais da saúde estética que necessitam de estratégias para promover o conforto de seus pacientes e evitar intercorrências, esta é a abordagem ideal. Pode ser utilizado em todas as etapas do tratamentos estéticos de uma maneira versátil, com resultados expressivos.

  • Pré-procedimento home care: Prepara a pele do paciente, diminuindo a inflamação e promovendo bem-estar.
  • Pré-procedimento imediato em consultório: além de prevenir intercorrências, pelo poder germicida do ozônio, o Active System Cannabinoide tem altíssimo poder relaxante e analgésico, potencializando o efeito dos anestésicos locais, proporcionando maior conforto e segurança para o paciente. Pode ser utilizado antes de procedimentos como microagulhamento, peelings, aplicação de toxina botulínica, laser, preenchimentos, jato de plasma, fios de sustentação, mesoterapia de contorno facial e outros.
  • Pós-procedimento imediato em consultório: Após o procedimento, os benefícios da analgesia se estendem e somam à ação anti-inflamatória, e degermante, prevenindo intercorrências.
  • Pós-procedimento home care: Irá proporcionar conforto ao paciente, pela ação anti-inflamatória, cicatrizante, reepitelizante e relaxante da associação do ozônio ao canabinoide.

 

Associação com Ozonioterapia

Todos estes benefícios podem ser obtidos e potencializados ao associar com a Ozonioterapia, que é a proposta dos CANNABINÓIDES OZONIZADOS.
Clique aqui para saber mais sobre OZONIOTERAPIA.
 
ACTIVE SYSTEM CANNABINOIDE OZONIZADO 10ml
canabinoide 10
 
ACTIVE SYSTEM CANNABINÓIDE OZONIZADO 30ml
cannabinoide 30
 
CREME FACIAL CANNABINÓIDE OZONIZADO 
creme facial cannabinoide
 
CREME DE MASSAGEM CANNABINÓIDE OZONIZADO
creme massagem cannabinoide
 
MOUSSE DE LIMPEZA CANNABINÓIDE OZONIZADO
mousse cannabinoide

 

Referências Bibliográficas

Material do fornecedor.